Início » Ações de formação da Escola FEBAB SOS Biblioteconomia Rio Grande do Sul

Ações de formação da Escola FEBAB SOS Biblioteconomia Rio Grande do Sul

por FEBAB
Publicado: Última atualização 1,2K visualizações

[ATENÇÃO: Esta página está em constante atualização à medida que recebe novas propostas de formação]

A Escola FEBAB abre inscrições para workshops, palestras e mentorias que terão todo o seu valor arrecadado para o Fundo de Apoio às Pessoas Bibliotecárias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. O Fundo foi criado pela Associação Rio-Grande de Bibliotecários e conta com o apoio da FEBAB.

Todas as formações possuem certificação, acontecerão em formato online e ao vivo via Zoom e é necessário se inscrever com antecipação. Os valores das atividades com uma média de carga horária de 2h tem valor fixado em R$30,00. As ações estão sendo realizadas pela Diretoria Executiva, Grupos de Trabalho e Comissões da FEBAB, bem como as Associações filiadas e profissionais, pesquisadores e professores da Biblioteconomia e Ciência da Informação Brasileira. Caso você tenha interesse em contribuir com uma ação, por favor, preencha este formulário.

Confira as atividades já confirmadas e com inscrições abertas! Todas as atividades terão as inscrições encerradas 24h antes do início da atividade. A lista segue a ordem cronológica.

Palestra “Como reconhecer periódicos predatórios”

Quando: 28 de maio, às 14h.
Quanto: R$30,00
Carga horária: 1h30
Ministrante: Paula Carina de Araújo, Professora do Departamento de Ciência e Gestão da Informação da UFPR. Doutora em Ciência da Informação pela UNESP Marília.
Resumo: Palestra sobre periódicos predatórios, como reconhecê-los e porque não submeter manuscritos. Também aborda questões éticas de pesquisa de forma indireta.

Workshop “Acesso Aberto Cor Preta e o Cuidado Pirata”

Quando: 29 de maio, às 18h.
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Moreno Barros, Bibliotecário da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Resumo: “Acesso Aberto Preto” refere-se aos vários métodos através dos quais artigos científicos ou outros conteúdos são partilhados ilegalmente. Pirate Care é uma rede de ativistas, acadêmicos e profissionais que se posicionam contra a criminalização da solidariedade e a favor de uma infraestrutura de cuidados. As duas iniciativas refletem a noção do “cuidado pirata”, operando em zonas cinzentas da desobediência civil, que se fazem necessárias para garantir ‘o cunho humanista, fundamentado na dignidade da pessoa humana’. Neste workshop apresento os dois projetos e suas práticas, convidando os colegas bibliotecários a discutir as implicações mútuas dos cuidados e da tecnologia, que jogam luz sobre nossa ética profissional, a ideologia da propriedade privada, e a solidariedade, face aos eventos de calamidade no Antropoceno.

Workshop “As características específicas do texto científico”

Quando: 04 de junho, às 15h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Maria Giovanna Guedes Farias, Professora do Departamento de Ciências da Informação da UFC. Doutora em Ciência da Informação pela UFBA.
Resumo: Trata-se de uma oficina, com duração de duas horas, que objetiva apresentar aos participantes os elementos necessários em um texto científico, diferente de outros tipos de texto, como um opinativo. Abrange questões em torno da redação científica, bem como o entendimento e a escrita elaborada para fins de construção de artigos científicos, projetos de pesquisa e etc.

Workshop “Como estudar Biblioteconomia para concursos”

Quando: 04 de junho, às 19h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Thalita Gama, Professora na Santa Biblioteconomia e bibliotecária na UNIRIO. Bacharel em biblioteconomia e gestão de unidades de informação pela UFRJ e mestra em Memória Social pela UNIRIO.
Resumo: Aula sobre os principais tipos de concursos para a área de biblioteconomia, assuntos cobrados, metodologias de estudo e orientações gerais sobre o mundo dos concursos. Duração 2h

Workshop “Resgate e primeiros socorros de obras de acervos em emergências com água

Quando: 05 de junho, às 13h30
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrantes: Andréia Wojcicki Ruberti, Coordenadora do Laboratório de Conservação Preventiva da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP. Nathalie Zavagli, Bacharel em Biblioteconomia pela USP. Estagiária do Laboratório de Conservação Preventiva da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP.
Resumo: O workshop sobre resgate de obras de acervos em emergências com água tem por objetivo apresentar técnicas de regate e primeiros socorros para obras atingidas por água de chuvas, inundações, entre outros, auxiliando profissionais que atuam em bibliotecas, arquivos e museus a resgatar e iniciar os primeiros procedimentos de salvamento e recuperação de livros, documentos, multimeios e outros suportes de informação.

Workshop “Catalogação em AACR2: escolha e criação de pontos de acesso

Quando: 06 de junho, às 14h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 3h
Ministrante: Fabrício Silva Assumpção, Bibliotecário da UFSC e membro do GT Catalogação da FEBAB. Doutor em Ciência da Informação pela UNESP Marília.
Resumo: Apresentação dos conceitos de pontos de acesso, entradas principais e entradas secundárias na Catalogação. Organização da Parte II do Código de Catalogação Anglo-Americano (AACR2r). Escolha dos pontos de acesso conforme o Capítulo 21 e aplicação das principais regras para criação de pontos de acesso para pessoas e entidades coletivas. Público-alvo: profissionais com pouca experiência/familiaridade com Catalogação; estudantes de Biblioteconomia e Ciência da Informação.

Workshop “Catálogos de exposições: como identificar os pontos de acesso para a representação descritiva”

Quando: 10 de junho, às 10h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrantes: Carlos Alberto Della Paschoa, Bibliotecário, mestre em Língua e Literatura Alemão pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP), bacharel em Biblioteconomia pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). É responsável pela Biblioteca Nélida Piñon do Instituto Cervantes do Rio de Janeiro. Elisete de Sousa Melo, Bibliotecária, doutoranda no Programa de Psicosociologia e Ecologia Social da UFRJ, mestre em Biblioteconomia pela UNIRIO.
Resumo: Este workshop tem por objetivo orientar na identificação dos pontos de acesso (autoridades, imprenta, descrição física etc.) de catálogos de exposições na representação descritiva da ficha catalográfica.

Workshop “Elaboração de projetos inovadores para bibliotecas públicas e comunitárias

Quando: 11 de junho, às 18h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Hanna Gledyz Silva Azevedo, Especialista em Gestão de Bibliotecas Públicas pela Unyleya. Bibliotecária Especialista do Iberbibliotecas.
Resumo: Um workshop para apoiar profissionais de bibliotecas públicas e comunitárias na elaboração de projetos inovadores, desde a definição de uma ideia, com base em demandas da comunidade e em atenção a Agenda 2030, passando pela criação de metas, objetivos e indicadores, além de dicas para elaboração de cronograma e orçamento. A proposta é incentivar que profissionais ampliem seus conhecimentos para o planejamento de ações e serviços na biblioteca, como também na participação em editais e oportunidades para captação de recursos ou parcerias.

Workshop “Educação Freiriana para resistência à desinformação”

Quando: 13 de junho, às 20h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Anna Cristina Brisola, Jornalista, Publicitária, Doutora em Ciência da Informação, ganhadora do Prêmio Capes de Tese com o tema Educação Freiriana, Competência Crítica em Informação, Desinformação.
Resumo: Encontro Dialógico buscando soluções de atividades educacionais de resistência à desinformação, que os participantes queiram desenvolver ou estejam desenvolvendo.

Workshop “Estratégias de reconhecimento de fake news com o uso de ferramentas de checagem de fatos”

Quando: 17 de junho, às 15h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Diego Leonardo de Souza Fonseca, Doutorando em Ciência da Informação pelo Programa de Pos-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UEL). Mestre em Engenharia de Produção (UFAM). Bibliotecário-Documentalista do Instituto Federal do Amazonas (IFAM).
Resumo: A propagação de fake news vem crescendo vertiginosamente ao longo dos últimos anos, principalmente após a pandemia da COVID-19. Nesse sentido, o workshop visa apresentar ferramentas estratégicas para o processo de checagem de fatos: softwares, ferramentas de inteligência artificial (AI), programas de automação e projetos de inovação contra a desinformação.

Workshop “Introdução à audiodescrição”

Quando: 17 de junho, às 19h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h30
Ministrante: Cleide Fernandes, Gestora de Cultura na Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de MG e responsável pelo Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas e Comunitárias de MG. Bacharel em Biblioteconomia pela UFMG.
Resumo: A audiodescrição é um recurso de acessibilidade comunicacional que permite a tradução intersemiótica de imagens em palavras para pessoas com deficiência visual. Esta oficina tem como objetivo apresentar fundamentos e técnicas da audiodescrição aplicados a imagens estáticas no contexto das bibliotecas.

Workshop “Catalogação no contexto das diretrizes da Seção de Livros Raros e Coleções Especiais da IFLA”

Quando: 19 de junho, às 19h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Vanessa Batista da Silva, Bibliotecária pela UNIRIO, Jornalista pela UNESA. Mestra em Biblioteconomia pela UNIRIO. Bolsista PCI-CNPQ no Núcleo de Informação, C&T e Biblioteca do Centro Brasileira de Pesquisas Físicas.
Resumo: Buscará apresentar as competências necessárias para a catalogação de livros raros e especiais de acordo com o documento publicado pela IFLA: “Diretrizes sobre as Competências do Profissional Responsável por Livros Raros e Coleções Especiais” no ano de 2020.

Workshop “Storytelling: teoria e prática como diferencial no mercado de trabalho”

Quando: 20 de junho, às 14h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Rayara Bastos Barreto, Supervisora da Biblioteca do Cuca Barra (2024). Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará (2023), já foi bolsista da Fundação Cearence de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (2016), com pesquisa sobre storytelling: ressignificando cenários e tendências no ambiente organizacional, recebeu menção honrosa pela qualidade da produção científica. Tem experiência na área de Ciência da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: mediação da informação, gestão da informação e do conhecimento.
Resumo: Workshop de storytelling mesclando teoria (os dez princípios básicos desta arte milenar) e prática (três modelos de atividades que podem ser aplicadas com todas as faixas etárias) visando ser um diferencial na atuação profissional no mercado de trabalho. Público alvo: profissionais da área da Educação, Psicologia, Biblioteconomia e etc. Objetivo: Habilitar profissionais a conhecerem e usarem a contação de histórias na sua atuação no mercado de trabalho. Metodologia: Pesquisa exploratória, bibliográfica levando em consideração a contação de histórias como metodologia ativa.

Workshop “Instagram do zero para bibliotecas”

Quando: 22 de junho, às 10h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Mayara Cabral Cosmo, Bibliotecária, mestranda em Ciência da Informação pelo IBICT/UFRJ e criadora do Biblio Mkt.
Resumo: Apresentar estratégias específicas para o universo das bibliotecas, dentro da plataforma Instagram.

Palestra “Bibliotecas como agentes de enfrentamento à violência contra mulheres”

Quando: 24 de junho, às 14h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Luciane de Fátima Beckman Cavalcante, Bolsista Pq 2 Docente Departamento de Biblioteconomia (UFRJ), Docente Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e pesquisadora colaboradora no mesmo instituto. Líder do Grupo de Pesquisa: Informação, Conhecimento e Cultura em Múltiplos Ambientes.
Resumo: Apresentar a importância de ações de mediação nas bibliotecas para o enfrentamento à violência contra as mulheres.

Curso “Catalogação de livros com RDA”

Quando: início em 24 de junho (trata-se de um curso assíncrono)
Quanto: R$180,00
Carga horária: 40h
Ministrante: Marcelo Votto Texeira, Mestre em Educação pela UCS e bacharel em Biblioteconomia pela FURG.
Resumo: O curso objetiva revisar as orientações da norma Resource Description and Access voltados para a catalogação de livros, em diferentes formas de conteúdo, mídias e suportes. Alguns tópicos que serão abordados:

  • Relação entre livros com edições diferentes
  • Relação entre livros com formatos diferentes
  • Livros com autoria principal
  • Livros com organizadores, editores…
  • Paginação irregular
  • Traduções
  • Controle de autoridade para pessoas e entidades
  • e entre outros tópicos.

Workshop “Literatura e saúde: a biblioterapia como ferramenta para o cuidado

Quando: 27 de junho, 19h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 3h
Ministrante: Katty Anne de Souza Nunes, Mestranda em Biblioteconomia (UFCA), bibliotecária da SES-AM e empreendedora na Kuau Experiências Formativas.
Resumo: A atividade envolverá as pessoas participantes no universo das narrativas, usando-as como uma estratégia potente e essencial ao favorecimento da saúde mental. Apresentará de forma teórica e prática como a biblioterapia pode ser utilizada tanto em espaços terapêuticos como clínicas e hospitais, como em espaços culturais, educacionais ou informacionais como: bibliotecas, escolas, comunidades, igrejas, associações de moradores, clubes de mães, dentre outros.

Workshop “Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais para bibliotecários”

Quando: 02 de julho, 15h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: José Antonio Pereira do Nascimento (Zetó) tem 24 anos de experiência em gestão de informações e documentos. Organizador e autor do Livro “Diálogos sobre a privacidade e a proteção de dados no Brasil”, Autor do Livro infantil “Uma bibliotecária maluquinha”. Parecerista sobre LGPD para grandes empresas de O&G Adequação à LGPD de várias empresas Fundador da Zetó Consultoria Ltda. Sócio Fundador da SyyS Tecnologia da Informação Ltda. Advogado pela UERJ, Bibliotecário e Mestre em Gestão de Documentos e Arquivos pela UNIRIO, MBA em Gestão de Portfólio, Programas e projetos pela POLI/UFRJ, Máster em Ética e Economia de Empresas pela LUMSA, de Roma.
Resumo: Introdução à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – LGPD, apresentando linha do tempo e legislação correlata, seus princípios basilares e hipóteses de tratamento, definição de conceitos principais da Lei, bem como seus agentes, autoridades, sanções previstas e meios de sua adequação, contextualizando o bibliotecário e sua possível atuação nas instituições onde trabalham. Workshop com conteúdo expositivo com auxílio de apresentação de slides (PowerPoint), exposição de casos reais, trechos de vídeos, indicação de leituras e interação com resposta de dúvidas.

Workshop “Competência em informação e inclusão: promovendo o acesso à informação para pessoa neurodivergente”

Quando: 03 de julho, 14h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h30
Ministrantes: Gabriela Farias: Mãe atípica, Doutora em Ciência da Informação. Docente da Universidade Federal do Ceará. Líder do Grupo de Pesquisa Competência e Comunicação em Ambientes de Informação (CMAI), cadastrado na plataforma CNPq. Líder da Rede de Estudo em Ciência da Informação sobre Desinformação (RECIDES). Membra do Grupo de Trabalho Competência em Informação da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas de Informação (GT-CoInfo/FEBAB). Representante da UFC no Programa de Combate à Desinformação do Supremo Tribunal Federal – STF. Diana Teles: Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). É integrante do Grupo de Pesquisa Competência e Mediação em Ambientes de Informação (CMAI) da UFC. Foi bolsista do Programa de Iniciação à Docência – PID, onde atuou como monitora das disciplinas de Serviços de Informação e Gestão de Recursos Humanos em Unidades de Informação. Trabalhou como bolsista no Projeto “A arte na propagação de saberes: deficiência, informação e acessibilidade”, no âmbito da Seção de Atendimento a Pessoas com Deficiência – Biblioteca de Ciências Humanas – Biblioteca Universitária. Pesquisa atualmente sobre o uso da audiodescrição (AD) como recurso de acesso à informação. Renata Kelly Oliveira Sampaio Pontes: Possui Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará e em Pedagogia pela Faculdade de Formação de Professores de Araripina, Pernambuco. Atuação direta em Biblioteca Escolar.

Resumo: Promover reflexão sobre a competência em informação e inclusão de pessoa neurodirvergente em ambientes informacionais, além de gerar um rol de habilidades e atitudes que promovam a acessibilidade informacional, proporcionando um repertório da ação e criação de serviços e produtos acessíveis, demandado um olhar sensível ao usuário neurodivergente.

Workshop “Gestão de documentos e arquivos: transparência, accountability e compliance”

Quando: 09 de julho, 15h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: José Antonio Pereira do Nascimento (Zetó) tem 24 anos de experiência em gestão de informações e documentos. Organizador e autor do Livro “Diálogos sobre a privacidade e a proteção de dados no Brasil”, Autor do Livro infantil “Uma bibliotecária maluquinha”. Parecerista sobre LGPD para grandes empresas de O&G Adequação à LGPD de várias empresas Fundador da Zetó Consultoria Ltda. Sócio Fundador da SyyS Tecnologia da Informação Ltda. Advogado pela UERJ, Bibliotecário e Mestre em Gestão de Documentos e Arquivos pela UNIRIO, MBA em Gestão de Portfólio, Programas e projetos pela POLI/UFRJ, Máster em Ética e Economia de Empresas pela LUMSA, de Roma.
Resumo: Voltado para pessoas que querem aprender um pouco mais sobre gestão de documentos e arquivos ou aqueles que estão pensando sobre a necessidade ou não de um projeto de organização de seus acervos físicos e/ou digitais, visando Transparência, Accountability e Compliance. Será abordado questões legais da gestão de documentos como a Lei de arquivos, LAI, LGPD, Lei de Liberdade Econômica e Lei de Governo digital.

Workshop “Biblio-up! Dinamizando a sua biblioteca escolar”

Quando: 10 de julho, 19h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrantes: Gislene Sapata Rodrigues é bacharel em Biblioteconomia pela UFRGS , especialista em Teoria e Prática na Formação do Leitor pela UERGS e Mestranda em Ciência da Informação no PPGCIN/UFRGS. É Multiplicadora do Educamídia – instituição que fomenta a inserção da educação midiática dentro do contexto educacional e Educadora Google Nível 1. Foi presidente da 19ª gestão do Conselho Regional de Biblioteconomia da 10ª Região. Atua como bibliotecária na rede privada de ensino há 13 anos, atualmente, também ocupa o cargo de Bibliotecária-Documentalista no Instituto de Matemática e Estatística da UFRGS e luta para que as bibliotecas sejam espaços potentes de construção de saberes e adquiram múltiplos significados para seus leitores. Mary Nice Branchi de Souza é Bacharel em Biblioteconomia UFRGS, Especialista em Educação a distância e novas tecnologias UNICID e em Leitura e formação de leitores UnyLeya . Realiza consultorias e formação de professores, bibliotecários, técnicos em biblioteconomia, agentes culturais e leitores. Atuou como diretora técnica do Conselho Regional de Biblioteconomia da 10• Região. Atua como bibliotecária há mais de 10 anos em bibliotecas escolares, especializadas, públicas e comunitárias. Realiza há 8 anos o Encontro de Bibliotecários em parceria com a Editora Paulus. É Bibliotecária no Museu do Hip Hop RS. Acredita no poder do livro, da leitura e das bibliotecas na construção de um mundo mais justo e inclusivo.

Resumo: As bibliotecas escolares constituem potentes espaços de aprendizagem e a atuação dos bibliotecários é imprescindível para ampliar o olhar a partir das práticas de mediação de leitura, pesquisa e combate à desinformação. O espaço ocupado por livros e histórias é um organismo vivo que se desenvolve a partir do envolvimento de toda a comunidade escolar.

Palestra “A literatura infantil de Clarice Lispector: pelo pacto da suspensão da descrença”

Quando: 15 de julho, 14h
Quanto: R$30,00
Carga horária: 2h
Ministrante: Flávia Alves Figueirêdo Souza, Doutora em Estudos Literários e servidora pública do Estado de Minas Gerais. Entusiasta da literatura, é uma beletrista que trabalha com, gosta de, estuda e escreve textos; trabalha como preparadora e revisora. Seu livro “Veias estouradas, balão delicado” foi publicado em 2024 pela Editora Ofícios Terrestres.
Resumo: Apresentação dos processos disruptos e inovadores da literatura infantil de Clarice Lispector, dialogando com a teoria literária, narratologia, filosofia e estética da recepção.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.